O armazém do tradutor jurídico – Parte II

O armazém do tradutor jurídico – Parte II, por Rita Gonçalves

No mês de maio, abriu-se portas ao armazém do tradutor jurídico, tendo sido identificados alguns dos principais recursos a que o tradutor deste tipo de texto pode recorrer para realizar o seu trabalho. Ao leque apresentado podem ser acrescentados outros recursos igualmente importantes. Assim, antes de abrirmos uma segunda porta dentro do armazém, que pretende indicar o início do caminho para a formação do tradutor jurídico, são apresentadas duas sugestões de recursos.

IMG_20151230_111148

Em primeiro lugar, o Web site do Diário da República Eletrónico disponibiliza um Tradutor Jurídico com mais de 19 000 termos nas línguas inglesa, francesa, portuguesa, espanhola e alemã. Podem ser encontradas mais informações sobre esta fonte aqui. (Artigo explicativo por parte do autor — Dr. João Moniz — para breve.)

Em segundo lugar (nunca por último, porque a lista de recursos pode revelar-se quase infindável), considera-se o fator humano como auxiliar à tradução, isto é, o tradutor jurídico também pode solicitar a ajuda de advogados, juristas ou outros indivíduos com conhecimentos na área jurídica para esclarecer dúvidas quanto às suas traduções[1]. Este é, naturalmente, um recurso que se aplica a todas as áreas da tradução, mas ao qual nem sempre é possível aceder.

Regressando ao tópico central deste post, a formação para o tradutor jurídico pode não ser tão vasta quanto a diversidade de recursos a que o tradutor pode aceder. Ainda assim, vejamos algumas vias de formação para o tradutor jurídico.

Por um lado, o tradutor jurídico deve ter formação de base em tradução. Este é, certamente, um assunto polémico, motivo pelo qual não é extensamente abordado neste artigo. Contudo, de uma forma geral, os cursos superiores em Tradução incluem uma cadeira na qual se abordam as especificidades de tradução do tipo de texto em questão, o que é de extrema relevância para a sua prática. Além disso, também é possível encontrar webinars dirigidos a tradutores deste ramo. Sugere-se, neste sentido e a título de exemplo, as formações que o Tradulínguas, a Escola de Letras e a KTV têm para oferecer (consultar Ligações úteis).

Por outro lado, o tradutor deve procurar formação na área jurídica em concreto. Para o efeito, são também lançados esporadicamente alguns webinars sobre temas como o Direito da União Europeia ou o Direito das Sociedades. Estes temas em específico são, dificilmente, encontrados em webinars dirigidos exclusivamente a tradutores, mas podem ser encontrados de forma gratuita em Web sites como o Coursera, FutureLearn ou edX.

Em suma, a vertente da formação em tradução jurídica ainda não está extensamente desenvolvida, sendo por isso que este post abre, de forma modesta, a porta que apenas indica rumos possíveis. Contudo, no sentido de o tradutor jurídico conseguir executar o seu trabalho, espera-se que seja proativo na procura de formação adequada às suas necessidades profissionais. Muitas das fontes de cursos para tradutores permitem pedir a receção de newsletters de forma gratuita, o que se demonstra uma vantagem para os profissionais mais atarefados ou que evitam deambular periodicamente pelos Web sites em busca de novidades.

Espera-se que esta visita guiada ao armazém do tradutor jurídico tenha sido relevante, principalmente para os iniciantes na área. Mais uma vez, aguardamos a partilha das vossas sugestões nos comentários.

 Ligações úteis:

Tradutor Jurídico do Diário da República Eletrónico – https://dre.pt/6

Tradulínguas – http://www.tradulinguas.com/formacao/

Escola de Letras – http://escoladeletras.com/

Coursera – https://pt.coursera.org/

FutureLearn – https://www.futurelearn.com/

edX – https://www.edx.org/

Ktv – http://www.ktv-kennisnet.nl/nl/cursus/custom

 

[1] Agradecemos também à Vanessa Costa por nos ter deixado esta importante sugestão nos comentários do post anterior.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s