Concordo. É preferível criar sempre um novo projeto no SDL Trados Studio a abrir apenas um documento em Open Document.

Signs & Symptoms of Translation

Open Document / New Project

In Studio 2011 there are basically two options for translating a file: “Open Document” or “New Project”. You can select them by clicking the icons on the Home page, from the File tab or from the standard toolbar. But which is the best option?

Open document

This is the easy way to go if you’re new to Studio. You can let Studio use the default settings (which you can fine-tune under Tools>Options) and you’ll be taken straight to the Editor window.  When you save the bilingual file (.SDLXLIFF) with Ctrl+S and the translated file with Shift+F12, by default you’ll be taken to the folder where your source file is located.

But what happens when you’ve got several Translation Memories (TMs), clients who have designated Termbases (TBs) or special field values for certain domains? You can set up all these options by clicking on the Advanced button in the Open Document wizard…

View original post mais 375 palavras

Anúncios

2 pensamentos sobre “

  1. Útil! Principalmente porque fiquei a perceber melhor as diferenças entre as duas opções. Só me escapou o que isto quer dizer, em relação ao “Open Document”:

    “Another drawback of the Open Document method is that you miss out on pre-translating your file against an existing TM. Also, there’s no analysis to see how many matches you’re going to get.”

    Pode ajudar-me?

    Obrigada!

  2. Olá Ana! Vamos ver se eu consigo explicar claramente. A Emma aponta aqui duas funcionalidades que existem com a criação do projeto, mas que não existem com o Open Document.

    (1) you miss out on pre-translating your file against an existing TM
    (2) there’s no analysis to see how many matches you’re going to get

    Vamos por partes…
    As ferramentas TAC permitem, entre outras coisas, pré-traduzir o ficheiro que vamos traduzir (1). Ou seja, quando abrimos o documento para traduzir, todos os segmentos que têm uma correspondência de 100% ou as correspondências Perfect ou 101% já estão traduzidas. O programa verificou que existia esta correspondência e introduziu a tradução antes de abrirmos o documento. A Ana verá, no futuro, que em muitos casos, os seus clientes já vão enviar o ficheiro pré-traduzido. Ou seja, com estas frases de correspondência 100% ou 101% traduzidas e inseridas no ficheiro. Por outras palavras, nem tem de olhar para estas frases.

    Por outro lado, outra das funcionalidades das ferramentas TAC é a criação de um relatório de análise. Neste relatório, pode verificar quantas palavras tem de traduzir e as diferentes correspondências (matches).

    Ficou claro? Não sei até que ponto já experimentaram nas aulas a criação de relatórios e se sabem as diferentes percentagens/correspondências e o que elas implicam. Se alguma coisa não ficou clara, diga.

    Abraço!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s