[Notícias] “Salário médio dos portugueses é de 840 euros”

A remuneração de base média mensal dos portugueses ronda os 840 euros, mas há profissões que são extremamente bem pagas em relação às restantes.
Segundo o «Correio da Manhã», além dos cargos de direcção, que são geralmente os mais bem pagos, as actividades ligadas à área financeira são muito bem recompensadas, com salários que podem chegar aos 4.500 euros mensais, ganhos para um auditor com mais de 10 anos de experiência, ou aos 6428,5 euros mensais, auferidos por um advogado de Assessoria Fiscal.Ainda assim o nível de remuneração em Portugal é mais baixo do que nos 15 Estados-membros mais antigos da União Europeia.

De acordo com últimas estatísticas disponíveis no Gabinete de Estratégia e Planeamento do Ministério do Trabalho e da Segurança Social, que remontam a Outubro do ano passado, o salário base médio tem vindo a crescer de forma constante nos últimos anos, rondando os 840 euros.

Mas há diferenças acentuadas entre homens e mulheres, com estas a serem prejudicadas. Uma trabalhadora ganha em média 829 euros mensais, enquanto que os homens auferem 1.111 euros mensais.

As estatísticas do Ministério do Trabalho revelam que os salários mais elevados estão nas actividades financeiras, com ordenados médios na ordem dos 2052 euros mensais.

Um intervalo muito largo em relação às segundas profissões mais bem pagas, que, de acordo com a mesma fonte, se encontram na produção e distribuição de electricidade, gás e água, com ganhos mensais médios de 1.528 euros.

A partir daí, os intervalos entre profissões vão-se estreitando, com os operários da construção no fundo da tabela com uma média mensal de 845 euros.

A tendência é confirmada pelo Estudo Salarial de 2005 do Hay Group, uma consultora de gestão que opera a nível multinacional e que é especialista no desenvolvimento de planos para as empresas reterem os seus funcionários.

O estudo confirma que a área financeira concentra as profissões mais bem pagas, mas também aqui se encontram salários abaixo da média. Um administrativo de Recursos Humanos em início de actividade tem um salário médio mensal que não vai muito além dos 600 euros.

É precisamente entre os recém-licenciados que se encontram os salários mais baixos e as políticas retributivas que menos alterações sofrem. A remuneração média mensal bruta nesta faixa ronda os 1.103 euros, segundo o Hay Group.

Uma média que, segundo os especialista, está inflacionada devido ao facto de as empresas estudadas pela consultora incluírem muitas multinacionais.

A razão para este facto é simples: continua a haver uma grande oferta entre as pessoas acabadas de sair da universidade face à procura do mercado. A mesma razão que leva a que a taxa de desemprego mais elevada se registe precisamente nesta faixa da população.

O sector do Marketing, Publicidade e Vendas é outro onde se encontram profissões bem pagas. Um gestor de contas de publicidade júnior (account executive) ganha uma média mensal de 1.928 euros, um gestor de projectos de marketing aufere 1.785, um chefe de secção recebe uma média de 1.696 e um técnico comercial pode chegar aos 1.421 euros mensais, apenas para citar exemplos entre os cargos mais baixos.

Nos cargos de topo, as remunerações médias mensais são bastante mais elevadas e é frequente serem acompanhadas por benefícios como o automóvel ou o plano de pensões, além dos seguros de saúde e de vida que algumas empresas também disponibilizam a outros efectivos.”

27 de Novembro in Agência Financeira (http://www.agenciafinanceira.iol.pt/noticia.php?id=878735&main_id=)

Anúncios